Postagem em destaque

Edição 8 online!

Aewww depois de 2 anos tem capítulo novo no ar! Aleluia! \o/ link direto:  http://issuu.com/yumimoony/docs/sigma_pi_08_-_completo No...

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Resenha - Ação Magazine # 01

Geralmente eu não costumo colocar posts muito fora dos assuntos do fanzine, mas acho que é legal divulgar aqui. Além do mais como o blog é bem acessado, acho que é interessante deixar aqui pra vocês lerem, fora que toda iniciativa de termos um mercado de quadrinhos nacional mais acessível é bem-vinda o/
Pra quem não sabe ainda, a Ação Magazine tem uma proposta de inserir o padrão de 'almanaque', com várias histórias em estilo mangá, onde o público decide qual série fica ou não baseado na sua popularidade. Este método é utilizado nas revistas de mangá japonesas, tal como a Shonen Jump, por exemplo.

O pré-lançamento da revista aconteceu no Festival do Japão e no Anime Friends. Comprei o meu exemplar lá no AF mesmo, e agora vamos às minhas impressões:

- Não achei o preço tão caro, considerando o número de páginas e levando em conta algumas páginas coloridas dentro da revista, até que está acessível.
- Confesso que a capa não me atraiu tanto assim, não é nem pelo traço, só achei muito simples pra uma capa de revista. Mas como dizem, não julgue o livro pela capa, e convenhamos eu também não sei fazer capas que chamem a atenção, então...XD
 
Quanto as histórias, achei melhor separá-las pelos títulos e ir resenhando cada uma:

- Madenka:
Das três histórias, foi a melhor na minha opinião. Possui um traço bem legal, é simples mas combina com o estilo proposto, personagens carismáticos ( adorei a Siena *O*) e um roteiro interessante. Achei muito bacana a inserção de elementos folclóricos no meio e sem parecer aquele tipo de coisa forçada pra dizer que é mangá nacional.
Achei que ficou faltando mais ação neste primeiro capítulo, esperava mais da luta do afranio com o madenka, mais partes críticas aonde o herói tá quase no vermelho e dá a volta por cima, detonando o inimigo. (sim, eu já li shonen estilo One Piece e Bleach XD)
Outra coisa que achei que faltou foi um pouco mais de comédia, até porque pelo estilo dá pra aproveitar e abusar um pouco do humor. Existem partes cômicas sim, mas poderia ter um pouco mais.

-Jairo:
Confesso que eu não sou lá muito fã de boxe, mas não achei a história ruim.
Tem um certo quê de mistério a respeito do passado do protagonista, Jairo que é interessante se o autor explorar isto aos poucos no decorrer da história. Tem também a questão da rivalidade dele com o Ivan e o personagem controlar seus impulsos (algo que é dificil, quem nunca quis dar aquele soco na cara daquele mala que vive te pentelhando? XD).
Uma coisa que me incomodou foi o traço, não gostei dele mas isso é opinião minha. Pode ter gente que tenha achado legal, outras podem concordar comigo...questão de gosto. Mas enfim...eu sou do tipo que continua lendo uma história se ela for boa, então continuarei acompanhando pra ver como será o desenrolar da história.
Percebi também alguns erros de anatomia, e a finalização de alguns quadros poderia ser melhor também.

- Tunado:
Mais uma história com uma temática da qual eu não sou fã...XD
Bom, vou ser sincera e dizer que achei fraca a história. O protagonista não me convenceu, e nem o desenrolar da história.
Os desenhos de personagens estão com o traço inconstante, e não casam com os cenários e os carros, que por sua vez ficaram muito bem feitos e elaborados. É como se duas pessoas diferentes tivessem feito o mangá: uma pro cenário (prédios, carros) e outra pro desenho de personagens.
Quanto à história, acontece tudo de forma muito fácil pro protagonista, ele ganha um carro e uma corrida já no primeiro capítulo. Cadê a parte onde o protagonista (Daniel) se ferra? Até mesmo na parte da corrida, achei que poderiam ter elaborado melhor esta parte, mostrar mais dificuldades pra ele ganhar a corrida, mas foi muito rápido. Enfim,a arte em alguns quadros está excelente, em outros está mediana; mas o que pecou ao meu ver foi a maneira como a história foi passada ao leitor, que pouco me atraiu.

Considerações finais:
- Quanto a escolha das histórias, eu estava esperando aparecer todas já nesta edição, fiquei surpresa ao ver um colega fanzineiro comentar que só tinham 3 nesta revista. Não sei qual foi o critério de escolha, se eles pretendiam atingir um público mais leigo no assunto e aí colocar duas histórias sobre esporte pra tentar chamar este público pra comprar a revista, ou se foi porque as outras histórias ainda não estavam 100% prontas pra serem publicadas, ou até pela questão de terem que aumentar o preço se colocar todas de uma vez nesta edição. Mas acho que o ideal seria colocar histórias com temáticas diversificadas - mas dentro da proposta de ser um almanaque shonen- e apostar nessa diversidade.
- Queria saber como vai funcionar, ou a partir de que edição, o público terá a vez de votar nas histórias que mais gostou.
- Espero que a iniciativa dê certo, às vezes eu acho que sou otimista demais e isso pode, de certa forma, ofuscar de ver a triste realidade em que o mercado de quadrinhos atual vive. Mas não sei porque ainda tenho esperanças de que isso mude, e espero muito que a Ação venha pra ficar. (aí quem sabe não tenhamos também um almanaque shoujo? *O* já vou estar na fila pra mandar projeto ahauahaauahua - ok Yumi pára de sonhar e vai terminar o Sigma Pi)

No geral, é isso. Vou continuar acompanhando a revista, até porque as histórias que eu queria ver vão ser publicadas na próxima edição. Assim que sair a edição #02 faço uma resenha a respeito aqui no blog.

E claro, em breve novidades sobre o Sigma Pi! /o/

PS: aliás, tem a enquete dos mascotes! /o/ votem!

7 comentários:

  1. Eu não li ainda a Ação Magazine, mas acho que o sistema será assim:

    Edição 1: Primeiro capítulo de três histórias, cada uma com o dobro de páginas.
    Edição 2: Primeiro capítulo das histórias restantes, cada uma com o dobro de páginas
    Edição 3: Segundo capítulo de todas as histórias, cada uma com o número normal de páginas.
    Edição 4: Terceiro capítulo de todas as histórias, cada uma com o número normal de páginas.

    E assim por diante. :)

    Acho que nessa primeira fase a melhor coisa que dá pra fazer é incentivar a iniciativa da revista, agora eu realmente espero que os artistas caprichem no trabalho deles. O pessoal está falando bem mal de Tunado mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Nhom! que saudade desse blog!!

    Olha eu não li a Ação Magazine simplesmente poq não chegou na minha cidade. Eu sei, eu pdoeria comprar pela internet, mas eu não me senti "atraido pela publicação" Vou comprar sim, afinal, é uma iniciativa louvavel e acho que todos nós deveriamos dar uma força pro mercado nacional.
    Mas ja vi diversas outras resenhas em outros blogs que só confirmaram o que eu acreditava: ela é feita para um publico bem fechado em especial. Não estou falando apenas por não ter shoujo (o que já é quase um criterio de compra pra mim), mas as historias não tem o carisma pra atingir outros publicos. Naruto agrada garotos e garotas, mas é uma vila de ninja. Das tres historias uma é de corrida e a outra de boxe,OU SEJA aí complica né
    A historia mais elogiada foi sem duvida Madenka, e fiquei até curioso para ler, m não é a primeira ve que vejo que o manga tem um potencial inexplorado.
    Enfim, acho que entre erros e acertos, a Ação ja conquistou seu lugar entre os fas de manga, nacional ou não, e tem tudo pra dar certo, ja que o apoio tem vindo de todos os lados.
    Sou apenas um amador e longe de mim desmerece-los, mas eles ainda tem um longo caminho pela frente nesse mercado instavel...

    Mas enfim, seria legal se eles tivessem um almanaque shoujo ouaté mesmo fizessem algo misto. Os garotos tem talento e to torcendo por eles.

    ResponderExcluir
  3. aaaaaah e eu votei no totopus, amor a primeira vista!

    ResponderExcluir
  4. Eu achei a idéia do almanaque muito boa e bem feita, ainda não li mas espero que possa agradar a grande massa, principalmente aqueles que compram Monica jovem ^^

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pela atenção, Adriana! Fico feliz por ter curtido a revista e especialmente o meu trabalho!

    O lance de ter menos quadrinhos é pra que cada um tenha um volume maior de páginas na estreia. Por isso a cada edição, até que todos tenham sidos apresentados, salvo o primeiro número, as edições tem uns com mais páginas que outros. Depois da terceira, todos os projetos já terão sido apresentados e a revista vai seguir com todas as seis séries regularmente mês a mês…

    ResponderExcluir
  6. otima resenha

    a capa tambem não me agradou muito... gostei mais da capa do volume zero

    hahha o que tu falaste do tunado é exatamente o que penso e não tive coragem de falar no meu blog XD

    ResponderExcluir
  7. Obrigada pelos comentários! \o/

    Renan: Sim, acho que como leitores nós devemos apoiar a iniciativa da revista e esperar que os artistas melhorem cada vez mais seu trabalhos. Confesso que não sou mais tão fã de shonen quanto antigamente - apesar de acompanhar alguns ainda- mas mesmo assim não vou deixar de apoiar uma iniciativa nacional, além do mais uma porta para outras possibilidades pode se abrir caso a Ação Magazine dê certo.

    Joo: Ahh que saudade de vc! Quero ver mais atualizações no seu blog hein! /o/
    Bom, eu tb andei lendo outras resenhas a respeito da revista e sim, acabou ficando bem restrito quanto á temática das histórias.
    Tb sou amadora nesse mercado de quadrinhos e não quero desmerecer o trabalho deles, porque a gente que já fez/faz uma historia sabe como é complicado conciliar esta atividade + afazeres pessoais...mas tb não podemos passar a mão na cabeça e ficar achando que está tudo 100% perfeito.

    Elba: Pois é, eu tb espero que a revista consiga atingir este tipo de público em especial, porque é esse tipo de público que acaba, de certa forma, sustentando mais o mercado. Vou continuar acompanhando as outras edições pra ver, tanto as histórias quanto a receptividade dos leitores.

    Will: Obrigada por passar aqui e esclarecer o lance das poucas histórias pra cada edição! Vou continuar acompanhando os próximos volumes!

    kuroiyuri: Então, só espero que os autores não fiquem muito bravos XD Mas eu achei que seria melhor ser sincera, afinal o nivel deles está bem acima de um fanzineiro, eles estão colocando um trabalho profissional e devem ser tratados como tal.
    Claro que erros vão ter, em mangás mesmo vc vê alguns autores deslizando no traço/roteiro no começo de carreira, mas pra mim vale muito se o artista se empenhar em melhorar os pontos e evoluir no traço e no roteiro no decorrer das edições. Porque senão fica naquele círculo vicioso, a pessoa se acomoda e não vai dar tudo de si pra melhorar na técnica e na escrita.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...